quinta-feira, 12 de agosto de 2010

Mais um dia de praia para recordar

Hoje de manhã cheguei á praia bem cedo, e embora o tempo não estar tão bom como a semana passada, com nevoeiro e tudo, aproveitei o facto de os meus avós não nos acompanharem e fui...
O meu crido Carlos comprou uma pranchazita do tamanho de umas costas para se entreter um pouco na água e eu deitei-me na toalha pensando por uns instantes que o Carlos só fosse para a água quando o sol aparecesse e fechei os olhos e por uns instantes , ao ver que não tava muita gente,  aquela praia nem parecia a habitual praia de Matosinhos(com pessoal em cima uns dos outros)... Tava mesmo bem naquela fresca brisa quando uma bola me atirou os óculos de sol ao chão, aquilo é que foi uma bolada, até fiquei vermelha.

Saí da toalha , peguei na bola e ia com intenção de procurar o terrorista, mas nem terrorista nem crido Carlos á vista, tive uns bons 5 minutos á procura dos dónos da bola, e nada.

Quando decidi procurar o Carlos já foi mais fácil, tava na água... a divertir-se com a pranchita de banheira, estes dias de praia... realmente tem sido inesquecíveis e quanto á bola... ficou na areia, não cabia no meu saco

7 comentários:

Rainbow disse...

Realmente, um dia de praia memorável! ;)

Nuno Medon disse...

olá! a bola caiu do céu, tipo " os deuses devem estar loucos ". lamento o facto da bola, te ter agredido. beijos

Rui Caldeira disse...

A areia irrita-me tanto ou mais que o Socrates, agarra-se a tudo e tem o mau habito de não nos largar :(

Marabunta & Framboesa disse...

não há nada mais irritante que levar boladas na praia! sou sempre alvo delas. e uma vez levei com um disco na testa! achava que isso só acontecia nos filmes mas não... é real!

CS1993 disse...

Memoravel :p

Teté disse...

Crida, esta bola pode ter sido um "presente" dos deuses... não devias ter deixado para trás... poderias usá-la como amuleto de agora em diante, na praia, nas ruas, ou em eventos sociais.
Abraço!

Joana Gomes disse...

Costumo ir para Matosinhos com os amigos, Espinho com uma amiga que não gosta nada de Matosinhos, e Canide Norte, Canide Sul ou Madalena com os meus pais, que não gostam nada de Matosinhos nem Espinho.
E tanto Espinho como Matosinhos parecem o Algarve nas épocas altas, os pés de umas pessoas na cabeça das outras! Areia a voar para cima das nossas toalhas quando passam putos a correr! Bolas e serem disparadas contra o nosso corpo!
Mas se não fosse assim, ir à praia não era a mesma coisa... :P