sexta-feira, 13 de novembro de 2009

A responsabilidade do crido colega


Hoje de manhã quando cheguei ao escritório nem queria acreditar que o chefe não tinha chegado, tinha uma consulta no dentista e deu a chave a um crido colega que teve prái uns 20 minutos a tentar abrir a porta sem sucesso... tivemos mesmo que chamar o serralheiro. Até lá fiquei cheia de frio.

Hoje não era mesmo o dia do crido colega que passou o dia a deixar cair coisas e até chegou a espalhar-se no chão com as fotocópias... devia tar nervoso por andar com a chave do chefe.

E assim que cheguei a casa vi e ouvi a avó indignada por ter dado uma esmola a um pobre, na rua de sta catarina, andava a chorar-se porque só depois de ter dado 1€ ao sem abrigo é que reparou que ele tinha um telemóvel melhor do que o dela... Tive que lhe dar nas orelhas, dá uma miséria e ficou com inveja... enfim, todos temos defeitos

2 comentários:

Nuno Medon disse...

olá! Fizeste bem em ajudar! Então, pelo que li és uma Crida cá do Norte, mesmo. Eu vivo em Valongo, pertinho da Estação. Beijos e tem lá paciência com a Avó. um abraço

Marta Batista disse...

ahahahahah no mínimo cómico diria eu!

adorei o blog*

=D