sábado, 26 de setembro de 2009

O caminho das índias do tio Zé e o neurónio do crido novo lá do escritório


Confesso que ver novelas até nos distrai, mas quando chegamos ao ponto de  imitarmos as personagens... Ontem quando cheguei a casa o meu tio juntou as mãos e disse "namasté" depois continuou e disse "arebába já chegaste" , prontos dei um sorriso , fechei os olhos e sacudi a cabeça, mas depois era ver o crido a perseguir-me pela casa com frases tipo: "não achas que andas a arrastar o sari pelo escritório até muito tarde?" ou "não fiques ai parada como uma coluna do templo" ou ainda "vai fazer-me um tchai" , como eu até já estava a ficar chateada ainda me chamou de "és uma naja", é demais francamente, ao que se chega quando se tem quase 40 anos e sem rumo na vida.
Já no escritório o crido que entrou á pouco tempo lembrou-se de chamar PDF á pen dizendo-me: "passa esse ficheiro para aqui para o meu pdf" , pensei logo que ele tava no gozo mas como não retribuiu á minha gargalhada fiquei séria e fiz o meu trabalho. Deve andar a tentar imitar o chefe, que até pouco tempo não sabia onde era a tecla espaço... enfim. Pelo menos é fim de semana e acho que vou aproveitar e descansar.

1 comentário:

KINHA disse...

Olá!
Obrigada pelo link e por me seguir.
Fiquei muito feliz com sua visita.
Se gostou do que viu, volte.